Postagens

Mostrando postagens com o rótulo trabalhadores

Sem aviso prévio

O advogado de Mostafa Abdallah Mostafa, dono do prédio em construção que desabou ontem em São Paulo, disse que foram feitas alterações no imóvel sem que o cliente soubesse.
Mostafa foi vítima de uma injustiça. Se tivesse sido informado sobre as alterações, o empresário poderia, por exemplo, fazer recomendações para evitar problemas. Por causa dessa falta de aviso, ele ficou no prezuízo, oito trabalhadores morreram, mais de 20 ficaram feridos e dois estão desaparecidos!

Prédio vem a baixo

Na manhã de hoje, um prédio em construção que abrigaria uma unidade da Torra Torra, rede de lojas de roupas e cama, mesa e banho, desabou no bairro São Mateus, na zona leste de São Paulo, matando 7 trabalhadores e ferindo mais de 20. Esses números podem aumentar, já que quatro operários estão sendo procuradks nos escombros. A Polícia Civil e o Ministério Público estão investigando o caso.
Por causa de irregularidades, a obra já havia sido multada duas vezes. Eu acredito que o acidente foi causado por essas irregularidades. Afinal, havendo esses problemas, o prédio não iria cair sozinho.
É preciso que esse caso seja muito bem investigado para que os responsávejs por essa tragédia sejam identificados e punidos. Junto com esse prédio, foram-se as vidas de sete trabalhadores, que morreram na luta pelo sustento deles mesmos e de suas famílias.
Espero que sejam encontrados mais sobreviventes!

Reivindicações de profissionais da segurança pública

Foi realizada hoje em Piracicaba, no interior de São Paulo, uma passeata da qual participaram policiais civis e delegados. Eles protestaram por melhores salários e condições de trabalho.
O governo tem que investir mais na segurança para melhorar as condições de trabalho desses profissionais e valorizá-los. Ser policial ou delegado não é pra qualquer um. Esses trabalhadores arriscam suas vidas diariamente na missão de defender a população, ficam noites em claro e ainda recebem um salário insuficiente para compensar essas desventagens da profissão.

Greve nos aeroportos

Funcionários da Infraero que trabalham em 63 aeroportos do Brasil começaram uma greve. Não há problemas nos aeroportos.
Essa greve é justa e merece apoio, já que o povo não está sendo prejudicado. O governo tem que dar um jeito de atender às reivindicações dos trabalhadores antes que esse protesto comece a causar prejuízos.

Dia Nacional das Lutas

Ontem, trabalhadores de vários setores protestaram em muitas cidades do Brasil pedindo o atendimento de suas reivindicaçôes. A lista não era pequena.
Mais uma vez o povo brasileiro exerce o direito de protesto. Porém, assim como as outras manifestações, as de ontem também foram marcados pela presença de vândalos. Esses marginais não representam os cidadãos que estão protestando; eles só usam as manifestações como pretexto para fazer as badernas.

Educação no campo

Graças a um convênio entre o Ministério da Defesa e a Prefeitura da cidade de Mazagão, no Amapá, o distrito de Mazagão Velho terá uma escola rural.
Foi-se o tempo em que os trabalhadores do campo não necessitavam de conhecimento. Hoje as atividades agropecuárias estão se modernizando. Quem não souber pilotar uma colheitadeira, por exemplo, pode ficar para trás.