Postagens

Mostrando postagens com o rótulo pecuária

Insegurança alimentar e laboral pouco afastada de seu auge

Sob o curso do mês precedente a brucelose, doença típica no setor agropecuário em certas partes do mundo, voltou a acometer humanos residentes na região de Herzegovina, ao sul da Bósnia e Herzegovina. Tem-se uma aligeirada recidiva da zoonose cujo barramento desfruta de débeis garantias de que nele o povo e as autoridades lançaram-se.

No segundo fim de semana inerente àquele período dois moradores de Ljubuski, pequena cidade no cantão Herzegovina Oriental foram admitidos no hospital da Universidade de Mostar, em Herzegovina-Neretva, um vizinho repartimento administrativo, com sintomas de brucelose. Dentre eles pode-se cogitar dores no corpo em geral, febre susceptível a atingir 41 graus, fraqueza e complicações mais sérias como diversas "ites" (encefalite, endocardite, artrite, epididimiorquite, esta que atinge os testículos…). Os achados clínicos avolumam mais o acervo empírico servível de base para iniciativas públicas e autônomas fortes para inverter as condições propícia…

Dando água aos bois

Aqui em Mato Grosso do Sul, um projeto de lei proposto pelos deputados Jerson Domingos (PMDB), Márcio Fernandes (PTdoB) e Zé Teixeira (DEM) sugere a construção de açudes em estradas sem asfalto na região do Pantanal para fornecer água aos animais das comitivas.
Apesar da existência de caminhões boiadeiros, as comitivas são muito comuns no Pantanal. Os bois passam muitos dias viajando e acabam consumindo menos água e comida. Com a construção dos açudes, os animais chegarão ao destino em melhores condições. Isso vai melhorar a qualidade da carne bovina e consequentemente colaborar para o crescimento dos lucros na pecuária.