Postagens

Mostrando postagens com o rótulo marginais

Quadrilha exterminada

Na manhã de hoje, cinco criminosos que praticavam roubo de carros foram mortos ao trocar tiros com policiais em um assentamento nas proximidades de Nova Alvorada do Sul, aqui no Mato Grosso do Sul. Com eles foram encontrados veículos roubados.
Quem pensa em entrar para o mundo do crime tem que refletir antes de fazer isso. Vida de bandido sempre tem fim, podendo acabar na cadeia ou no cemitério (como aconteceu com esses cinco assaltantes).
Essa história teve um final triste, pois, apesar de serem marginais, esses rapazes tinham família. Mas a culpa foi deles mesmos por terem trocado tiros com a polícia. O bandido que faz isso pede para morrer.

Comer sem pagar

Na madrugada de hoje, um homem foi preso por tentar furtar um bar no centro de Dourados, aqui no Mato Grosso do Sul. O alarme disparou quando ele estourou a porta do estabelecimento. Uma equipe de monitoramento foi ao local e a polícia foi chamada. Com o rapaz foi encontrada uma quantia em dinheiro, que ele alega ter ganho guardando carros. O indivíduo disse que entrou no bar só para comer.
Esse papo, que é mais furado do que pneu que passa em buraco, não vai convencer a polícia. Quem quiser comer tem que pagar.
Vale ressaltar que nem todos os guardadores de carros são marginais. Esses profissionais merecem respeito, assim como quaisquer outros.

Combate ao crime

A Polícia Civil realiza uma operação para coibir a ação de facções criminosas, prendendo membros aqui em Mato Grosso do Sul, em São Paulo e Minas Gerais. Estão sendo cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão.
Parabéns pra polícia! Marginais estão sendo tirados de circulação! Só que, nesse país há muitos presídios com problemas. Nem todos os detentos se recuperam; muitos voltam à sociedade muito piores que na época em que entraram na cadeia.

Dia Nacional das Lutas

Ontem, trabalhadores de vários setores protestaram em muitas cidades do Brasil pedindo o atendimento de suas reivindicaçôes. A lista não era pequena.
Mais uma vez o povo brasileiro exerce o direito de protesto. Porém, assim como as outras manifestações, as de ontem também foram marcados pela presença de vândalos. Esses marginais não representam os cidadãos que estão protestando; eles só usam as manifestações como pretexto para fazer as badernas.