Postagens

Mostrando postagens com o rótulo festa

Festa será em outro lugar

Em João Pessoa, na Paraíba, o procurador de justiça Valberto Lira anunciou, em um programa de rádio, que a Festa das Neves (evento tradicional da capital paraibana) não será mais realizada nas proximidades da Basílica de Nossa Senhora das Neves, no Centro. Os congestionamentos no trânsito da região causados pela disposição das barracas e dos brinquedos dos parques de diversões e a preocupação com a segurança pública foram os motivos que levaram à tomada da decisão. O novo local onde o evento será realizado ainda será definido.
Se a festa causa congestionamento, ela tem que ser realizada em um local menos movimentado. A segurança também tem que ser reforçada.
Ninguém é contra a realização do evento. O povo só quer que o mesmo seja realizado de uma forma que não prejudique as pessoas que não têm nada a ver, que não participam.

Comemoração antecipada

A Prefeitura de Campo Grande, aqui no Mato Grosso do Sul, está levando aos bairros os eventos de comemoração do aniversário de 116 anos da cidade, que ocorrerá no dia 26. As atividades começaram hoje.
É assim que se faz mesmo! Em vez de fazer a festa em apenas uma região, a Prefeitura tem que ir aonde o povo está. De que adianta realizar um evento no Centro se os moradores dos bairros afastados dificilmente conseguem chegar até lá?

Tiros no meio da festa

Em Dourados, aqui no Mato Grosso do Sul, houve um tiroteio durante uma festa em um recanto de lazer na Chácara dos Caiuás. Um rapaz sacou uma arma e começou a disparar contra os convidados. Três pessoas se feriram, entre elas um menor que foi alvejado no olho e está em estado grave. As outras duas vítimas sofreram ferimentos leves.
Que loucura! Esse doido tem que ser preso! Atirar pra todo lado é uma atitude irracional. Acho que, se o adolescente que foi baleado no olho ficar cego ou morrer (a bala pode alcançar o cérebro), o atirador deveria ser obrigado a indenizar ele ou seus familiares.