Postagens

Mostrando postagens com o rótulo criminalidade

Do descaso veio a conta aos culpados

Das cadeias procederam ordenanças por meliantes de revanchistas derivações mais graves das linhagens de circunstâncias que para lá levaram-nos. Entre 10 e 12 do último mês os governantes e cidadãos de Mato Grosso tiveram agradecida sua apatia para com as condições dos reclusos nos incêndios a ônibus de transporte coletivo, tiros em uma base da PM e ataques a casas de um agente penitenciário e de um policial em Cuiabá e na vizinha Várzea Grande, além de, no interior, ato parecido com o segundo item (queima criminosa de viaturas) em Barra do Garças e condutas associadas ao terceiro em Sinop e Barra do Bugres.

Os comandos para a instauração do clima de terror na porção de terra vizinha, outrora parte, nossa – "colocar o bagulho no vermelho", "destruir a cidade", conforme diálogos entre presos – floresceram sem topar com socialmenrte benditos obstáculos, os agentes penitenciários, boa parte dos quais manteve-se fora dos presídios, em estado de greve que perdurou por 33…

Trabalho público cujo rigor o vincula como causa a positivo fenômeno social

Em 20 de maio por duas horas e meia uma operação de guerra se desenhava nas imediações de um cybercafé na cidade de Utrecht, capital da província homônima nos Países Baixos ("Holanda"). Só esse tempo em que o exercício transcorreu e a rua do estabelecimento ficou bloqueada lhe conferiram esta preocupante atmosfera, pois tratava-se apenas de uma patrulha visando prevenir crimes. Se esta ocasião já tiver se concretizado outras vezes, no máximo só turistas estrangeiros (caso não proceda assim toda a polícia holandesa) veriam-na com esse espanto, mal algum havendo, no entanto, em se inteirarem do trabalho das autoridades através da mídia local, conhecimento merecido ante possível elo entre o programa de policiamento e queda nos dados estatísticos acerca da violência em Utrecht.

As 15 e as 18 horas segregaram parte das 24 daquele dia para elas reservando destaque com um fato de calibre que ao menos na maioria dos outros países (disso o nosso não se ausenta) remonta a situações fo…