Postagens

Mostrando postagens com o rótulo bebidas alcoólicas

Corrupção da cultura e vice-versa

O usufruto por governantes de brechas para autopromoção na política é nova manifestação cultural bem consolidada, ainda que não exercida livremente por não ter esse reconhecimento no meio legal. Um tipo de conclusão próxima da realidade sobre os desvios de recursos arrecadados indiretamente com a Lei Rouanet para propósitos desvinculados, ao menos no sentido público, à cultura e a suspeita postura de recursos da Petrobras em caminho inverso, rumo a despesas de Carnaval. Fatos estes constituindo tratamento subumano a todos nós, ressalvando-se, porém, que coincide com atitudes ascendentes entre parte das massas no proveito de suas benesses sociais e também do espaço que o hoje mais generoso Estado lhes cede para escolher representantes.

Nem precisava, face ao papel firmado de mercenários do entretenimento, determinados a desfalcar os limites saudáveis para álcool, sexo e outras práticas durante as temporadas de Carnaval, na remoção dos atributos que legitimamente integram os festejos à …

O mal da bebida

No último dia 23 um homem foi esfaqueado depois de uma briga em um bar aqui em Itaporã, no Mato Grosso do Sul. Ele chegou a ser levado para um hospital em Dourados, mas morreu. Os dois suspeitos do crime, entre eles um adolescente de 17 anos, que foi o autor das facadas, estão foragidos.
Muitas pessoas enchem a cara nos bares ou em casa e brigam por qualquer motivo. É aí que acontecem as tragédias. O aviso "Beba com moderação!", que aparece em rótulos de bebidas alcoólicas, só serve de enfeite.
O que aquele moleque de 17 anos estava fazendo no bar? Com certeza a culpa é dos pais ou responsáveis, que não impuseram limites a esse garoto, e das autoridades (polícia e Conselho Tutelar), que deveriam fiscalizar esses locais onde há consumo de álcool.
Espero que a polícia localize e detenha os assassinos. Todos nós (não só a família da vítima) esperamos por justiça. Esse caso não pode ficar por isso mesmo.

Bebida causa tragédia

Às 2 horas da madrugada de hoje, um homem morreu após bater sua motocicleta em um caminhão que estava estacionado no bairro Nova Lima, em Campo Grande, aqui no Mato Grosso do Sul. Antes ele estava consumindo bebidas alcoólicas juntamente com amigos e parentes.
Apesar dos constantes alertas, muita gente insiste em enfrentar o perigo. Qualquer quantidade de álcool, por menor que seja, afeta os reflexos. O melhor é ir de táxi ou de carona.
Atenção leitor! Bebida e direção nem pensar! Caso contrário, você poderá sofrer um acidente, que será divulgado pela imprensa e poderá ser comentado por mim.

Fogo na escola

Uma escola da cidade de Eldorado do Sul, no Rio Grande do Sul, foi incendiada por adolescentes há poucos dias. Parte do prédio ficou bastante destruída. Os garotos afirmam que estavam sob efeito de bebidas alcoólicas na hora desse ato de vandalismo.
A comunidade escolar foi prejudicada por causa da ação desses trombadinhas, que sabem que os menores não são rigorosamente punidos nesse país. Se esses malandros têm capacidade para atear fogo em uma escola, como eles não podem responder por seus atos?
Como eu disse no início, os menores afirmaram que estavam sob efeito de álcool. Realmente os jovens estão bebendo cada vez mais cedo, pois aprendem com os "amigos" ou em casa. E os bares não exigem que os clientes apresentem documentos. Isso é lamentável, pois o adolescente que bebe poderá ser o alcoólatra de amanhã.