Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Vigilância Sanitária

Dependentes químicos em perigo

A Vigilância Sanitária de Goiás realizou vistorias em clínicas de reabilitação de dependentes químicos. Em algumas foram encontradas irregularidades que colocam em risco a saúde e a segurança dos pacientes.
Como é que um dependente consegue se recuperar desse jeito? Os familiares dos mesmos acham que eles estão sendo bem tratados, mas acabam se decepcionando.
Quem tem um parente usuário de drogas deve procurar informações sobre o local onde quer interná-lo. Eu também recomendo que os familiares façam visitas periódicas no estabelecimento.

Atendimento improvisado

A Vigilância Sanitária reabriu dois leitos de UTI pediátrica da Santa Casa de Campo Grande, aqui no Mato Grosso do Sul. Os leitos haviam sido interditados porque eram adequados para adultos, mas haviam sido adaptados para atender crianças. A Santa Casa é o único hospital do estado que possui UTI no setor pediátrico.
Em vez de ficar fazendo improvisos, o governo deveria construir mais leitos de UTI próprios para crianças nos hospitais.
O pessoal da Vigilância Sanitária com certeza sabe que fazer improvisos em hospitais é muito perigoso para a saúde dos pacientes. E então, por que eles reabriram esses leitos, que deveriam continuar interditados? Será que o pessoal está recebendo propina ou outro tipo de influência? As autoridades competentes precisam investigar isso!

Interdição

O Pronto Atendimento  Médico do Hospital Universitário de Campo Grande, aqui no Mato Grosso do Sul, foi interditado por tempo indeterminado pela Vigilância Sanitária porcausa de problemas estruturais. O local não pode mais receber pessoas.
Até que enfim alguma autoridade tomou alguma providência! A imprensa daqui do estado já mostrou muitos problemas no HU. Infelizmente, esse é o local de aprendizado dos estudantes de Medicina. Local onde, por exemplo, os corredores se assemelham a currais.