Postagens

Mostrando postagens com o rótulo São Paulo

Questão de honestidade individual e também de oportunidade no acesso à propriedade

Caso de polícia por nobres motivos, as fraudes com objetivo de burlar as cobranças pelo uso da energia elétrica demonstram ser em parte de suas aparições uma das variadas consequências de descompassos entre atos de governantes e certa parte da nossa sociedade, com réplicas noutras porções do mundo, relativos à garantia para cidadãos urbanos e campesinos de acesso e resguardo à posse de propriedades onde queiram fazer morada e/ou das quais pretendam tirar tirar o sustento econômico.

De mais de um mês para cá os adeptos dos "gatos" como alívio para as cobranças pelo consumo de eletricidade em Araçatuba e Birigui, no interior de São Paulo, tiveram interrompida por oportuna ação da Polícia Civil e da concessionária CPFL Paulista sua expectativa de se conservarem imunes às recompensas por parte das autoridades com fundamento nos efeitos colaterais da prática na segurança dos autores e de quem convive com eles e na ordem das finanças inerentes a um serviço de contínua importância …

A atual realidade do trabalho infantil no Brasil

A aprovação de um projeto de lei federal e trabalhos promovidos regionalmente têm o que somar no combate a esse crônico panorama de amadurecimento forçado e, por isso, incompleto de nossos jovens. Mas, dadas as mudanças evolutivas nas relações de trabalho a nível relativamente global e o panorama em que se inseriu a economia brasileira sem impedimento por tais avanços, vitórias em dita batalha serão certeza com ajustes na aptidão dos órgãos públicos para um continuamente eficaz labor objetivando detectar e coibir a prática e na consciência de setores sociais não ligados ao governo influentes sobre os menores, como a família e os provedores de entretenimento.

Se completar o trajeto necessário até a consagração como lei, uma proposta aprovada no recente dia 12 pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado que torna prioritário o atendimento a vítimas de trablho infanto-juvenil irregular a partir dos 14 anos no acesso a vagas de emprego como aprendizes encurtará a fila de espera d…

Sob alarme soado por parentes

No Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, a morte deles semeia o temor entre a predominante comunidade de versões muito evoluídas suas desde o fatídico início do ano. Macacos são as primeiras vítimas da febre amarela onde coabitam com humanos, oferecendo-lhes uma última chance para rever e alterar segundo ainda for possível o modo em que usufruem do ambiente em benefício à natureza e a si. Num aspecto geral o êxito predominou nas iniciativas emergenciais dos órgãos públicos destinados a esses assuntos. Sobre a melhora na consciência de grande parte do povo comum, entretanto, o que paira basicamente é a dúvida.

Mal os calendários de 2016 perderam a validade, levantou-se esse desafio frente à população e os membros e mecanismos encarregados de gerir o todo. Primeiro em Minas Gerais, depois no Espírito Santo, São Paulo e agora no Rio de Janeiro, as suspeitas e ainda mais as descobertas da incidência de febre amarela entre macacos e humanos foram fatores chamativos para uma guerra à doença. Pa…

Rumores do Carnaval que ecoarão pelo ano todo

Não se deixando de considerar as variantes dos acontecimentos a cujo peso necessitam se condicionar as análises construtivas do tema, mais gente recebeu em suas vidas em certos casos perenes marcas de sua relação com as normas institucionalizadas e naturais de convívio social durante esta temporada carnavalesca que a cada repeteco desta época reforçarão más lembranças da festa entre ditas pessoas e/ou familiares e amigos. Configura-se o cenário, nesta edição da folia generalizada, sobre as especificidades de como interatuam as instituições voltadas ao bem comum e os indivíduos nos momentos anteriores, simultâneos e posteriores à festa, do jeito que foi nas ocasiões anuais precedentes e será nas próximas.

Não importa a escolha de cada brasileiro, se vai se integrat às massas humanas ocupantes de ruas e avenidas junto a blocos, trios elétricos, escolas de samba e afins, refugiar-se em casa ou viajar, respondendo com uma destas duas últimas estratégias "Não, obrigado!" a convit…

Para cada começo e percurso de novos anos, os mesmos preparativos de abrangência muito inferior ao ideal

De novembro até 15 deste mês a campanha "Stop petardama" ("Parem os fogos"), conduzida informalmente por cidadãos de Novi Sad, conglomerado urbano da Sérvia, tornou a Praça da Liberdade cenário de protestos silenciosos contra um dos universais símbolos desta época frente ao risco de seu manuseio e os males do ruído excessivo a animais domésticos e pessoas em condições de saúde excepcionais. Medida mais severa em relação ao que o grupo anseava de forma geral passou a vigorar no primeiro dia útil do novo ano em Campinas, no estado de São Paulo, numa nação que nem precisa ser mencionada para quem a habita. A lei que tal limite impõe se apoia em uma estrutura não confiável o suficiente para embasar iniciativas análogas em qualquer parte do mundo em consequência de tão sólida ser como o empenho geral da humanidade antes, no curso e depois dos festejos de transição anual para que cada novo ciclo seja como o desejado incessantemente.

A lei antifogos da metrópole interiora…

Desastre no futebol e faltas na política

Cerca de 40 pessoas a bordo de um ônibus na manhã do dia 13 em Sertãozinho, no interior de São Paulo, perderam o tempo necessário para chegar pontualmente a seus compromissos com a parada do veículo perto de uma escola no bairro Alto do Ginásio por esgotamento de combustível. Sendo neste caso um ônibus, e não um avião, o veículo que decepcionou seus ocupantes no atendimento comum a seus diversos itnerários, dito conjunto de pessoas, mais o motorista e os administradores públicos locais e da empresa dona do coletivo, escaparam de se tornar outro centro das atenções na mídia, na esfera política e no setor comum da sociedade, que teriam de conciliar o interesse com o das curiosidades desencadeadas pelo trágico destino ao qual um avião levou grande parte do time Chapecoense e pessoas encarregadas de prestar-lhe relevante apoio. De consequências restritas a atraso condicionado ao deslocamento dos cidadãos rumo a seus deveres, o contratempo no transporte deles felizmente não se tornou novo …