Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Politica

Encenação, nos bastidores do governo, de um país inexistente

Nenhum mapa do Turcomenistão exibe a bipartição do país resultante de bipolares ações de seu governo. O design arquitetado para o país nos edifícios dos poderes centrais muito confortáveis a seus ocupantes e fechados a constante visitação pública não está tendo facilidades para se fazer real, no que depende dos efeitos de notórias atitudes práticas quanto às liberdades da população, outrora refém do comunismo até 1991.

Desenvolveu-se no último mês uma recente oportunidade de se conhecer o contraste segundo o que a mídia turcomena registra. Reunido com ministros, reitores de universidades, representantes do ramo de telecomunicações, entre outros parceiros, o presidente da República, Gurbanguly Berdymuhamedow, recebia e respaldava propostas e o panorama de iniciativas já em curso para a maioria das quais, sem levar em conta outros fatores, se imagina como fruto uma aproximação ao primeiro mundo dos parâmetros de desenvolvimento socioeconômico interno e solidariedade para com outros Esta…

Atualizadas esperanças e precauções para se relacionar com os Estados Unidos

Imagem
Expirou em 20 de janeiro, momento da posse de Donald Trump como politicamente supremo líder de um dos maiores atores políticos e econômicos globais, a lacuna no atendimento ao aguardo por atos atrelados a seu temperamento iniciada no recente novembro, quando fora eleito contrariando até suas próprias espectativas. Neste encerrado primeiro semestre, o trabalho do empresário nada experiente em gestão pública (único caso do tipo na história americana, segundo a qual ele também é o mais velho presidente que os Estados Unidos já tiveram) traz um tanto de esperanças a sua pátria e o mundo de uma contenção do colapso de valiosos elementos da ordem ocidental, disputando espaço na composição de seu legado as controvérsias no uso do poder pelo ícone de cuja seriedade fornece pistas a abrangência das divisões entre apoiantes e opositores do republicano, detectável até no partido que integra.

O volumoso e denso pacote de mudanças socioeconômicas com cuja promessa Trump atraíra eleitores, mantiver…

Dúvidas entre amordaçar e permitir com ressalvas

A exposição de assuntos políticos, religiosos, culturais, sociais e sexuais – correspondentes até a partes das raízes dos currículos educacionais – parece vulnerável a ser arrancada com pressa alheia às feridas em cujo alívio os debates têm papel nas escolas de Campo Grande. Vieram da Câmara Municipal e do Ministério Público as desmedidas restrições, sendo que os ventos soprados a partir do primeiro organismo encontram no posicionamento do prefehito Alcides Bernal (PP) rochedo impossível de mover para seus destinos finais. De qualquer forma, o ensino nos campos de conhecimento intimamente conectados à natureza e à sociedade demanda atenção a todas as fases da história humana e ambiental. Embora variando as circunstâncias, muitos fatos em distintas épocas apresentam sentido comum intrínseco às vontades humanas e forças da natureza, de sorte que é inevitável não interligar eventos de hoje a clássicos feitos em tempos distantes ao começo de nossa existência. Detalhe importante a contrib…

É Lula de novo, sob a força de um povo dividido

Já tem 2016 o básico para ser um ano ímpar, servindo de simples complemento os fatos vindouros. Com relação ao impeachment de Dilma, seu avanço por enquanto não passa de anseio de quem o quer. Ralas semanas após Lula ser levado de casa para depor acerca de seu envolvimento no mau uso do dinheiro público, vêm nem tão licitamente à sociedade registros do ex-presidente como novo ministro da Casa Civil {1}, não importando o recente decreto de prisão contra ele. O caso corre enfatizando temas como privacidade no uso de meios de comunição e imparcialidade profissional. "Vergonha" é a correta definição para o segundo fuzuê no mesmo mês envolvendo o mesmo personagem, cunhada pelo deputado federal Major Olímpio (Solidariedade-SP) com o posterior revide de militantes petistas que o aclamaram "fascista" e "golpista" {2}. Tão desvirtuado é da realidade por interesse de seus líderes que o mencionado exército apresenta o comportamento por eles visto em Olímpio ou qual…

Bens públicos: agora também escudos para os desonestos

Rodrigo Janot, procurador-geral da República, analisando recentes atitudes de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), teria constatado serem elas mais um caso de confusão entre o público e o privado, que dele recebe a real etiqueta de decantado vício na formação da sociedade brasileira em pleno século XXI. As ações corruptas do presidente da Câmara dos Deputados estariam ocorrendo em via dupla com o desvio de valores da Petrobras e tentativas de acobertar seus erros pretendendo a anulação de provas, para a qual tinha recorrido à Advocacia Geral da União (AGU). Eram estas requerimentos feitos em 2011 mediante a participação da na época deputada Solange Almeida (PMDB-RJ), hoje prefeita da cidade fluminense de Rio Bonito para intimidar empresas integrantes do esquema devedoras de propinas. É por aí mesmo! Se tem algo que iguala em termos de organização negócios criminosos aos legais, é a garantia de estarem sendo regularmente alimentados! Dependendo da seriedade teórica e prática na condução das provi…