Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Marília

Destinação adequada

Há dois anos o aterro sanitário de Marília, no interior de São Paulo, está com a capacidade esgotada e o lixo está sendo levado para a cidade de Piratininga, na região de Bauru. Por isso, a Prefeitura está procurando uma empresa para fazer a construção de uma plataforma de transbordo (passagem do material de um veículo para outro) de acordo com as exeigências da CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), como a presença de caixa coletora de chorume.
A Prefeitura também deveria investir em uma usina de reciclagem para que apenas os materiais que não podem ser reaproveitados sejam levados para Piratininga. Se todo o lixo de Marília continuar sendo levado para o aterro dessa pequena cidade, o mesmo também poderá se esgotar.

Curso para os professores

Professores de Marília, no interior de São Paulo, participaram de um curso de Educação Ambiental.
Os professores têm que ensinar isso aos alunos. O que será das gerações futuras se não houver conhecimentos sobre meio ambiente?

Carga explosiva

No dia 30 do mês passado, três pessoas ficaram gravemente feridas após a explosão de uma lata de pólvora que estava em uma caminhonete em Marília, no interior de São Paulo. Dessas, duas morreram.
Acho que, para evitar esse tipo de tragédia, nem se deve transportar produtos perigosos em carros comuns. Não há necessidade em fazer isso.

Festival para os bairristas

Será realizado até o dia 16 de agosto o festival gastronômico de Marília, no interior de São Paulo. Restaurantes estarão oferecendo pratos com nomes de lugares e fatos históricos da cidade. Parte do dinheiro irá para instituições de caridade.
Esse evento é interessantíssimo. Além de demonstrar seu amor pela cidade de Marília (bairrista é exatamente aquele que ama a cidade ou estado onde nasceu ou mora), quem for aos restaurantes participantes estará ajudando as instituições.