Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Lula

Luta em estágio inacreditavelmente bom, que, porém, não é o final

Está próxima a vez dele? A justiça brasileira, disponibilizando Lula para prisão e perda de direitos políticos, transpôe o tabu em que consistia a probabilidade geral de antigos ocupantes do mais alto cargo do Executivo ter uma recompensa assim segundo seu zelo para com as leis. Mas a determinação dos devotos do molusco (tanto a membresia do PT e partidos aliados quanto os informais, fixados entre os cidadãos comuns) para retirarem-no dessa para eles catastrófica turbulência se encaixa no espaço que Sérgio Moro reservou no trâmite do processo para tal de maneira a vulnerabilizar a sérias privações os caminhos do juiz e de outras pessoas comprometidas em fazer com que se saia bem quem mereça.

O veredicto do magistrado federal curitibano datando do recente dia 12 alçou Luiz Inácio Lula da Silva a uma excepcional e justa posição na história republicana desta pátria, apesar das inúmeras desperdiçadas chances que o decurso de tal prosseguinte fase política ofereceu para que se desencadeass…

Desafiadores caminhos até 2018

Dois líderes governantes brasileiros do Poder Executivo, a exemplo de tantis gestires públicos espalhados pelo Brasil, diferem na extensão geográfica de seu poder e nas respectivas visões de mundo, havendo convergência na participação de ambos em uma corrida junto com seus partidos e o povo rumo aos benefícios da vitória nas eleições legislativas e executivas estaduais e federais do próximo ano.

A jornada de Lula para retomar o mais alto título político nacional é uma voraz luta entre o montante de acusações muito denso sobre ele e suas possibilidades de rebatê-las.

Os subprodutos do primeiro desses agentes propelentes do enredo aparecem mais próximos da vitória. Novas revelações de José Adelmário "Léo" Pinheiro, ex-presidente da construtora OAS, Joesley Batista, um dos donos da JBS e João Santana, antigo marqueteiro do PT, e sua presença entre os indiciados pela Polícia Federal por um temporário ajuste na ordem legal econômica em benefício de um seleto grupo de empresas a…

Comprovante de irmandade provinda de nocivo interesse comum

Após reforço na privação de contato com o mundo externo, a que não teve direito em relação ao requinte das refeições de fim de ano similarmente a muitos brasileiros vítimas do desbarrancamento econômico originado do que fizeram ele e um adicional acúmulo de agentes públicos, Eduardo Cunha corre peitando o tempo a fim de reconquistar sua vaga na Câmara dos Deputados, para lá retornando com a jornada legislativa anual. Estando por trás de grades, ele delegou à sua defesa a tarefa de dirigir-se ao STF (Supremo Tribunal Federal) pedindo que invalide a cassação do ex-
-legislador. Como, porém, o outrora parlamentar reergueria a níveis relevantes (até perto do ponto em que ele chegou a presidir a instituição) na sequência de seu boicote pelo povo e da súbita mudança no posicionamento de antigos colegas apoiantes da preservação de seu cargo? Muitos dos detratores de colarinho branco deram sábios passos na defesa das necessidades coletivas e de seus interesses, tendo a reverência geral à inte…

É Lula de novo, sob a força de um povo dividido

Já tem 2016 o básico para ser um ano ímpar, servindo de simples complemento os fatos vindouros. Com relação ao impeachment de Dilma, seu avanço por enquanto não passa de anseio de quem o quer. Ralas semanas após Lula ser levado de casa para depor acerca de seu envolvimento no mau uso do dinheiro público, vêm nem tão licitamente à sociedade registros do ex-presidente como novo ministro da Casa Civil {1}, não importando o recente decreto de prisão contra ele. O caso corre enfatizando temas como privacidade no uso de meios de comunição e imparcialidade profissional. "Vergonha" é a correta definição para o segundo fuzuê no mesmo mês envolvendo o mesmo personagem, cunhada pelo deputado federal Major Olímpio (Solidariedade-SP) com o posterior revide de militantes petistas que o aclamaram "fascista" e "golpista" {2}. Tão desvirtuado é da realidade por interesse de seus líderes que o mencionado exército apresenta o comportamento por eles visto em Olímpio ou qual…

Reaparição bombástica de nosso representante

O Planalto estremeceu nesta quinta-feira sob a voz do ex-petista sul-matogrossense Delcídio do Amaral, da qual vestígios foram materializados em documentos que a revista Isto É {1} revelou a público neste exato dia. Relatos de manobras políticas e econômicas que, citando Dilma Rousseff e Lula, baseariam providências para retirar do mais célebre cargo político em uma república a primeira mulher a sentar nesta cadeira por aqui e aproximaram das grades o antecessor, desejante voltar â antiga cena em 2018. Levou ao ponto de uma reunião de emergência entre Dilma Rousseff, o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, e o agora ex-ministro da Justiça e atual titular da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo {2}, o temor do que a arma oposicionista é capaz caso receba a nova peça de incompletamente assentada idoneidade. São vistas reprises de comemorações por cidadãos e grandes empresas de novos fatos geradores de expectativas sobre a queda dos dois célebres representantes do complexo e …