Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Coxim

Liberdade em dose anormal perante as pesadas bases de sua temporária retirada

De volta plenamente ao menos ao convívio familiar se encontram o ex-vice-prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte, a ex-primeira-dama da capital sul-matogrossense Andréia Olarte, tal como parte da corja que se oferecia como parceira em suas condutas corruptas. Atenuações penais que, não bastando por si sós abalarem a motivação política do povo graças à consolidada limpidez da reputação dos envolvidos, estremecem a credibilidade da máquina pública disciplinar ao terem precedido a sentença pisadas na bola por parte de alguns operadores do sistema das quais é estimável a presença de genes nela.

Um longo histórico de conivência com o enfraquecimento da própria idoneidade se pôe contra o casal que por mais de um ano (2014-2015) usufruiu da influência compensatória à falta do prefeito Alcides Bernal (cassado durante este período) à qual o povo campo-grandense também se submetera quando elegeu o titular. Começando-se pelas mais recentes manifestações disso. Gilmar e Andréia Olarte, além de doi…

Cortes de verbas

A Justiça Federal de Coxim, aqui no Mato Grosso do Sul, determinou o bloqueio parcial das verbas destinadas ao Estado e à União para a realização de publicidade institucional (aquelas propagandas que mostram as ações do governo).
Eita notícia boa! Em vez de ficar se aparecendo, o governo tem que investir na melhoria dos serviços públicos. Essas propagandas não fazem a menor diferença na vida da população.