O que esperar para esses lugares segundo o que se passou seis meses após mudarem seus líderes?

Meio ano já se foi coincidindo o início de tal semestre, em diversos municípios brasileiros que escolheram seus prefeitos e vereadores e nos países palco de eleições presidenciais, com a escolha de novos líderes por suas populações. Mas afinal, em que rumo se pode esperar que sigam os desdobramentos políticos, econômicos e sociais:
*de Campo Grande (MS), no tempo em que for comandada por Marquinhos Trad?

*dos Estados Unidos, com Donald Trump?

*e da Gâmbia, após Adama Barrow conquistar o cargo antes ocupado pelo ditador Yahya Jammeh?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Risco de exorcismo resumir-se a pequeno susto

Nunca é demais privar o inimigo de vantagens no terreno

De volta do passado, rumo a um sério plano futurista