Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Heterogêneas vitórias e derrotas nas Olimpíadas

Por duas semanas o Brasil e uns tantos países oficialmente se uniram no Rio de Janeiro intencionando, por meio de seus representantes em variados esportes, disputar recompensas pelo desempenho atlético expondo ao público de também múltiplas nacionalidades as lições sobre a proporcionalidade ideal entre nossas conquistas originadas em qualquer desafio que ultrapassamos e o quanto nos dedicamos a seu alcance de forma responsável, respeitando nossos semelhantes. Muitos dos que correram atrás das medalhas conseguiram-nas, não só entre no espectro desportivo. Tal larga abrangência de setores da sociedade relativiza as implicações positivas das vitórias aos campeões e aos perdedores nos âmbitos somados.

O primeiro ouro a reluzir nos jogos entre atletas da casa foi da judoca Rafaela Silva, natural da própria Cidade Maravilhosa. Negra e vinda de um exemplo de área cujo tipo exibe atributos responsáveis pela rotineira visão negativa sobre ele – a favela Cidade de Deus –, a atleta deu o correto…

Do caos aos benefícios de futucar esta colmeia, é questão de tempo

O Rio Grande do Norte está avançando à frente do país que o situa quanto à ousadia, autoridade, demonstração firme do que pretende, no tratamento, no interior dos presídios, de quem foi condenado a habitar neles por tempos variáveis conforme a profundeza de sua recusa a zelar pela integridade de seus semelhantes. Após bandidos lançarem-se pelo estado em intensas ações criminosas como abelhas ou marimbondos cujas "caixas" são cutucadas ou destruídas, situação a que é comparável a explícita guerra do governo estadual contra a telefonia penitenciária, a população e quaisquer demais grupos que se inteiraram dos tumultos dispõem-se para monitorar o compromisso dos gestores com o prosseguimento da ruptura de vicioso sistema.

Nos instantes finais do precedente mês e iniciais deste, tudo que pertencesse ao Estado ou a ele prestasse serviços em troca de pagamentos era visto por parte da bandidagem como bode expiatório. Um enxame de opositores da paz social acabou, junto com seus uten…

Lugar histórico até para quem o ultrajou

É mais um caso, antecedido e sucedido por tantos em nossas terras verde-amarelas e no exterior, de gente que por motivos obscuros denigre bens que ela mesma e seus semelhantes utilizam, gerenciam em parceria com o aparato público e cuja condição deteriorada incorre em diferenças negativas na aptidão para suprir necessidades de qualquer usuário que deles precise seja em que momento for. Contudo, quando a Polícia Militar de São Paulo pôs as mãos sobre um jovem que pichava um importante museu em Penápolis, foram expostos para contemplação singulares pontos do enredo na lida com os quais autoridades e o povo não podem ficar nem um pouco desatentos à atualidade dos métodos.

Interessantes divergências constam em relatos da mídia penapolense sobre o que na tarde do dia 28 do mês anterior um comerciante de 20 anos estava fazendo com as paredes do Museu Histórico e Pedagógico Memorialista Gláucia Maria de Castilho Muçouçah Brandão, situado na Praça 9 de Julho, para legitimar a repressão polici…

Por pouco não teve golpe. De que vale, então, o contragolpe?

Há algumas décadas atrás, golpes de Estado marcaram a história da Turquia. Era para ser mais um a agitação ocorrida no país especialmente a 15 de julho. Muito da energia com que se processava o distúrbio provinha de quem traçou seu fim fazendo um desvio do "script" seguido pelas ocasiões similares antecedentes. Pelas ruas o povo saiu e sua força física fez perecer o plano de uma parte das Forças Armadas desviada do compromisso com o governo e a sociedade, objetivando retirar do poder o presidente Recep Tayyip Erdogan. Englobando tanto o lado militar quanto o civil, centenas de pessoas tombaram sem vida e milhares feriram-se em degladiações entre opostas visões da partilha dos poderes sobre as demandas comuns entre governados. Os milhares de encarceramentos e outras retaliações promovidos daquela época em diante contra suspeitos de apoio aos perpetradores dos distúrbios públicos expõe a quilometragem que ainda cabe aos turcos seguir na estrada com direção a uma plena democrac…

Nada fica nos trilhos com a corrupção os gerenciando

Investigações apontam falha humana como razão para uma vasta tragédia para o setor ferroviário italiano, o choque a 12 de julho entre dois trens num trecho da estrada férrea Bari-Nord que interliga as comunas de Andria e Corato, na província de Barletta-Andria-Trani‎, na região da Puglia. O inquérito se debruça, porém, apenas sobre o cume de longe visível da tragédia, as falhas de funcionários que administravam o trânsito nas duas estações envolvidas, condicionadas por imprudências do sistema público muito bem evitáveis por envolverem o grau de controle das intenções indutoras do apelo de muitos membros seus às carreiras estatais.

Enquanto o mês anterior já se ia a mídia passou a destinatária das queixas de Cesareo Troia, um porta-voz regional do partido Verdes, que alvejavam a atuação da categoria política na garantia da segurança no transporte ferroviário e outros deveres a isso relacionados até a ocorrência no mínimo pôr em dúvida a seriedade com que as tarefas eram executadas. Um …

Caminhos unificados em benefício à expressividade na economia nacional

Nossas vivências acerca do que enfrentamos e a imprensa nos mostra atestam que o tempo atual é de precariedade no funcionamento da economia. É evidente que o uso pelos investidores dos recursos não degradados pela recessão na continuidade dos trabalhos a fim de obter sustância financeira para driblá-la tem absoluta responsabilidade pela força que se pretende fazer para sair do atoleiro, não havendo, entretanto, nada a ser dito de positivo sobre quem se limita a resmungar os prejuízos. O governo sul-matogrossense, há um mês dando início a um processo de maior exposição ante o resto do país de produtos com matéria-prima animal aqui feitos através da simplificação no monitoramento sanitário, sinaliza agora algum empenho em preparar o estado para ajudar os setores mercantis brasileiros a se recuperarem, mais um aliado para sete unidades da federação onde houvera os mesmos ajustes.

Empreendedores na área de derivados agropecuários têm a abrangência comercial do que põem a venda estabelecid…

Imaturos, à solta e criando riscos para si e outrem

Somam 229 de janeiro a junho deste ano, do qual ainda resta uma gorda metade onde caibam mais, as ocorrências delegadas às autoridades policiais de Campo Grande que dizem respeito ao dever de retomar para familias membros adolescentes, em especial do gênero feminino, que fogem de casa e estariam tomando os mais repulsivos rumos. Não recebendo educação disciplinar desde crianças, brasileiros púberes expõem-se aos diversos estímulos comportamentais desta sociedade e, vivenciando-os com critérios ingênuos, ficam à mercê de temíveis legados com duração não tão difícil de ser eterna.

Em variadas fases históricas de nossa sociedade houve organizações de comunicação com destino às massas pulverizando entre elas ideias que supervalorizam bens materiais e outros prazeres de, numa forma geral, facílima obtenção para durar pouco, não compensando os sacrifícios feitos em nome deles por vezes nocivos à saúde física, psíquica e financeira dos indivíduos e grupos sociais que integram. Nas mais rece…