Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Esgoto ou lixeira?

É comum nos momentos em que acontecem enchentes, ocorrência costumeira e, assim, não recebida com surpresa e espanto em diversas regiões, seus moradores julgarem os governos a nível regional e nacional pelo descaso que teria exposto as comunidades a perigos na saúde e segurança e provocado danos em estruturas e bens de casas e estabelecimentos comerciais. Focados nas possibilidades de erros do Estado na construção e gerenciamento das redes de esgoto e desvio de águas pluviais, não reconhecem as fraquezas do mesmo no sentido de informar os cidadãos sobre os cuidados com esses sistemas e fiscalizar com certa frequência seus comportamentos no sentido de, por exemplo, reprimir o descarte de lixo nos bueiros e galerias, reservados apenas ao fluxo de matérias líquidas e semilíquidas, atitude ligada a muitos problemas dessa natureza em zonas urbanas, dos quais provêm dois recentes e estranhos, mas comuns e sérios, exemplos, sendo um nacional e outro estrangeiro. Sem dúvida não se aguardava a…

Promotor já nasceu com esse dom!

Apesar do descaso com que costuma lidar com autores de crimes graves como assassinatos, violência doméstica e agressões sexuais, parte do setor judiciário brasileiro começa a tratar com o merecido rigor outro problema de não menor seriedade que já acometia o país há tempos, mas está se intensificando, a cada vez maior ocupação do repertório musical popular por obras com conteúdo exaltador de condutas que desprezam as normas da sociedade e do governo, como abuso de drogas (tanto liberadas quanto ilegais), atos violentos e sexo irresponsável, momento vivido por vários estilos musicais, dentre eles o funk, do qual um dos mais conhecidos representantes tornou-se alvo da repressão judicial na época presente, o que se espera quanto aos outros nomes desta e das demais vertentes. O despertar das autoridades no tocante a este caos se deu graças à idade de literalmente um dos mais novos ídolos do público consumidor dessa segmento musical, o que lhes teria chamado a atenção, embora isso não seja…

Em dois lados da história houve a presença de mentes desequilibradas

Seguindo-se o "acidente" com o Airbus da companhia alemã Germanwings, ligada à gigante Lufthansa, nos Alpes franceses, a recuperação de uma das caixas-pretas, imediatamente depois da queda, apontava indícios de que a escrita da palavra entre aspas era uma considerável opção e o achado do segundo armazenador de informações de voo nos dias posteriores garantiu total segurança a quem desejava fazê-la. O co-piloto Andreas Lubitz, acometido por desordens na sanidade mental como depressão ou até narcisismo (fortes egoísmo e amor a si mesmo), não teria sido o único personagem do real enredo privilegiado pelos citados transtornos, embora padecesse destes há tempos, tendo especialmente o segundo distúrbio se manifestado (não sendo inédito, talvez) em internautas espanhóis espectadores da tragédia que após sua confirmação, ainda naquele 24 de março, pegaram carona no fluxo de informações sobre o infeliz fato lhe aproveitando-se para efetuar discursos preconceituosos a grupos étnicos t…

TUDO, sem exceção alguma!

A consciência adquirida por grande parcela da população humana a respeito de um mais estruturado aproveitamento do que é fornecido de graça pela natureza, frente aos dados relativos aos males causados à Terra pelas condutas do homem, vem auxiliando no desenvolvimento de ideias de reuso desses bens, após a readequação de suas características ideais, para aliviar as pressões que o meio ambiente sofre para refazer o que lhe é retirado. Benefício idêntico recebem os orçamentos de governos quando as aplicam em recursos mantidos e usados pela coletividade. Em um episódio que se passou em Portugal, porém, visões amplas demais em torno da proposta implicaram em prejuízos morais e financeiros a uma família que teve seu jazigo violado por uma autoridade da freguesia ("bairro") de Silvares, situada no município de Guimarães, por sua vez encravado no distrito de Braga, em um cemitério da mesma. Habituado em aproveitar tudo que é dado ao Poder Público por tratar-se de "dinheiro que…

Local memorável por conta de tragédia emblemática

Em 14 de março e nos dias subsequentes, Dona Francisca ganhou espaço na mídia e nas diversas manifestações populares em Joinville, em Santa Catarina, no Brasil e em parte do mundo. Não se trata de uma pessoa, o que não ameniza os impactos oriundos do acontecimento responsável por atrair os holofotes à serra assim nomeada, haja vista que afetou em cheio os ocupantes do ônibus turístico que nela despencou (a maioria, 51, fatalmente), compondo o topo das estatísticas dos maiores desastres rodoviários desse estado e, embora em posição mais inferior, integrando o ranking dos mais trágicos registrados no país. Impossível a resistência de uma comunidade ao baque gerado por um acontecimento dessa dimensão quando provem dela quase a totalidade das vítimas, a exemplo do município paranaense de União da Vitória. Procediam de lá praticamente todos os ocupantes do ônibus, cujo destino era Guaratuba, no litoral daquele estado, mesmo havendo sido incluída na rota parte do espaço catarinense com o i…

Autoridade superior ao Executivo

Tarcísio Saulo Paiva (PDT), prefeito de Gurinhém, no Agreste da Paraíba, não aparenta tanto poder como o que lhe é dado de direito pelo cargo. Levanta-se a possibilidade de parte do comando do município ter sido conquistada irregularmente e sem a aprovação do prefeito pelo vereador petista Cassiano Ricardo após a repercussão de dizeres proferidos pelo membro do Legislativo afirmando "mandar" na Polícia Militar local e dar privilégios a seus agentes e a aliados. Na presença de um paralelo entre esse pronunciamento do vereador e a realidade, os gurinhenses estarão sendo tapeados nas costas com a descoberta de que sustentam e são servidos por uma meia polícia, ainda beneficiada por um segundo auxílio, particular, referente a alimentação vinda do legislador, conforme o próprio afirmou naquela ocasião, em um programa radiojornalístico da emissora Constelação FM, da municipalidade vizinha de Guarabira. Favores determinantes para a repartição dos moradores em dois grupos segundo o…

Renas dando zebra

O frio vigorante nesta época na Noruega, tal como em outros países europeus e de outros continentes no Hemisfério Norte, teria talvez influenciado no baixo rendimento de discussões entre governantes nacionais e da Suécia ocorridas no começo de março em Longyearbyen, pequena cidade de cerca de 5 mil moradores que é a capital da ilha norueguesa de Svalbard, acerca da regulamentação do pastoreio de renas suecas em território norueguês, mesmo com as calorosas discordâncias entre os países, fronteiriços um com o outro. A ministra de Agricultura e Alimentação norueguês a Sylvi Listhaug qualifica a situação como insustentável. O governo do país teria posto mais lenha na fogueira com as ameaças de uso de helicópteros de órgãos alfandegários (ligados ao recolhimento de impostos) de segurança alimentar no controle da pastagem de renas (feita por vezes em locais proibidos) nas áreas próximas à delimitação com a Suécia, como o condado de Troms. Os acordos a que se chegou em 2002, ano da última c…